PROJETO DE EXPANSÃO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA RAMACRISNA

CONCLUSÃO DA CONSTRUÇÃO E DA EXPANSÃO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM MINAS GERAIS
●PROJETO DE EXPANSÃO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA RAMACRISNA ●

1. Cerimônia de Entrega
     O Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro e a Missão Ramacrisna realizaram, no dia 17 de fevereiro de 2017, a cerimônia de entrega das novas instalações da Escola de Formação Profissional, após o término das obras de construção. A escola é administrada pela Ramacrisna na cidade de Betim, em Minas Gerais.
     Parte da verba necessária para a realização das obras da creche (R$ 196.895,95 - cerca de 7,5 milhões de ienes) foi oferecida à Ramacrisna pelo governo do Japão em 2016, através do “Programa de Assistência a Projetos Comunitários de Segurança Humana”.
     Estiveram presentes na cerimônia de entrega o cônsul-geral do Japão no Rio de Janeiro Tsuyoshi Yamamoto; o presidente da Ramacrisna Expedito Martins Chumbinho; a vice-presidente da Ramacrisna Solange Bottaro; o vice-prefeito da cidade de Betim Vinicius Resende; e muitos estudantes da Escola. A cerimônia foi bastante comemorada pro todos os presentes.
 
【Discurso do cônsul-geral Yamamoto】 【Descerramento da placa de inauguração】
【Foto das autoridades】 【Orquestra Jovem Ramacrisna】

2. O que é o Projeto de Expansão da Escola de Formação Profissional da Ramacrisna
     A Missão Ramacrisna é responsável pela administração de uma Escola de Formação Profissional na cidade de Betim, em Minas Gerais. Os cursos atendem jovens, com idades de 14 a 24 anos, e vão desde educação básica (alfabetização, gramática e conhecimento financeiro), até os cursos profissionalizantes (como auxiliar administrativo, sistema tributário, leis trabalhistas e IT).
     Por ser uma região de área industrial, muitos jovens vêm à procura de emprego. Porém, o número de vagas é limitado, e jovens que não foram alfabetizados plenamente, ou os que não possuem um curso profissionalizante, não conseguem facilmente conseguir um emprego. A Escola Profissionalizante da Missão Ramacrisna tornou-se uma organização importante que oferece, gratuitamente, o conhecimento necessário e ajudando os candidatos a um emprego.
     Mas a Escola não possuía condições de aceitar um número maior de alunos, por problemas de espaço em suas instalações, ultrapassando a capacidade da Escola.
     Com a assistência financeira oferecida, além das atuais quatro salas de aula instaladas em um prédio, a instituição passou a ter outras quatro novas salas da aula, em um novo prédio construído no terreno ao lado. Assim, mais estudantes inscritos na fila de espera poderão frequentar a Escola.
 
【Imagens do prédio recém-construído】
Parte externa do novo prédio Parte externa do novo prédio
Sala de aula Sala de aula
Sala de aula Salão do térreo